top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdministrador

57th Azores Rallye, é aqui que começa o campeonato de 2023


Ricardo MOURA e António COSTA (Skoda Fabia Rally2 Evo, Team ARC Sport) voltam a lutar pelo lugar cimeiro do pódio do Azores Rallye

Em semana de rali, do 57th Azores Rallye, a prova que tem vindo nos últimos anos a abrir as ‘hostilidades’ em torno da conquista do cetro de Campeão dos Açores de Ralis, absoluto e nas duas rodas motrizes, é tempo de olharmos para os focos de interesse desta prova a nível desportivo.


Se na frente todos os olhos vão estar colocados nas seis presenças internacionais, onde se destacam claramente o francês Sebástien Loeb e o norueguês Andreas Mikkelsen, fato é que a “luta de galos” para o campeonato regional começa agora. Os detentores do título – Luís Miguel Rego e Jorge Henriques – têm forte oposição do dez vezes campeão açoriano e já vencedor absoluto do Azores Rallye, Ricardo Moura (navegado por António Costa), que, apesar de apenas correr um rali por ano, registo que mantém há alguns mais, não vai deixar perder a oportunidade de ombrear com quem já venceu o campeonato do mundo por nove vezes, nem mesmo com quem já mediu forças no Azores Rallye noutras edições. E é aí que entram em conta os demais pretendentes ao título açoriano, quando Pedro e João Câmara poderão apresentar-se ainda mais assertivos do que no ano passado, fruto da reta final da época anterior, e Rúben e Estevão Rodrigues trazem a motivação da estreia de um novo carro, “igual” ao do campeão em título. Atento também estarão Bruno Amaral e Sancho Eiró, com um eventual deslize dos já mencionados, para mais que este rali, sendo mais curto e por isso mais “sprint”, acaba também por ser um rali de “endurance”, por isso não há só que andar rápido.


Nas duas rodas motrizes, há curiosidade para ver com Bruno Tavares irá começar esta nova temporada, porquanto o seu final de época foi também bastante forte. Mas as atenções centram-se também no que poderão fazer outros concorrentes açorianos, como é o caso de João Faria, de Rui Torres, de Rúben Santos ou até mesmo dos terceirenses Carlos Andrade e Francisco Costa. Este rali é também marcado pela presença de outras equipas, como é o caso das lideradas por Marco Soares, por Hugo Âlcantara, entre outros.


Tudo para acompanhar na estrada, na televisão e na internet, numa prova que têm dia forte na sexta-feira, com a realização pela manhã do Free-Practice e Qualifying Stage para os pilotos elegíveis. Depois e a partir das 13:30 há o arranque para a primeira etapa, num evento que vê a sua segunda etapa acontecer no dia de sábado. A cerimónia de pódio está marcada para logo depois das 18:00 na Praça Gonçalo Velho, em Ponta Delgada.


12 visualizações0 comentário
bottom of page