Buscar
  • Rui Anjos

Luís Miguel Rego, rei e senhor em Santa Maria


Luis Miguel REGO/Jorge HENRIQUES (Skoda Fabia Rally2 Evo, Team Além Mar). Fotografia Pedro Carreiro e Silva

Com a realização da cerimónia de pódio frente aos Paços do Concelho de Vila do Porto, caiu o pano sobre a 41.ª edição do Rallye Além Mar de Santa Maria, a quinta prova do calendário desportivo de 2022 do Campeonato dos Açores de Ralis e a segunda disputada em pisos de asfalto nesta temporada.


Num rali marcado por várias paragens e anulações de provas especiais, devido a acidentes com os concorrentes, que em alguns casos, obrigou à intervenção das equipas de emergência, felizmente, sem danos humanos a registar, Luís Miguel Rego e Jorge Henriques, pilotos do Team Além Mar, averbaram, com o seu Skoda Fabia Rally2 Evo, o menor tempo na totalidade das provas especiais que disputaram, com exceção de Ginjal/Anjos 2. Rego voltou a demonstrar que Santa Maria é uma das suas provas preferidas, tendo registado a quinta vitória absoluta e consecutiva na prova.


Rúben Rodrigues e Estevão Rodrigues, da AutoAçoreana Racing, concluíram a prova no segundo posto da classificação geral ao volante do seu Citroen C3 Rally2. O piloto tentou durante toda a prova contrariar o ritmo do vencedor, tendo-o apenas conseguido em Ginjal/Anjos 2. À saída de Santa Maria, considerou ser ainda possível revalidar o título absoluto açoriano de ralis.


Bruno Amaral/Sancho Eiró foram os terceiros classificados absolutos, numa clara demonstração de melhor andamento e adaptação, em pisos de asfalto, ao Ford Fiesta R5 que tripulam. Com a sua prestação, voltam a garantir ao Team Além Mar a vitória em equipas, à qual se seguiu a AutoAçoreana Racing. Nesta habitual luta pelos lugares cimeiros do pódio esteve ausente a Play Racing, com Pedro e João Câmara a cumprirem apenas uma especial de classificação, a primeira, ‘Explore Santa Maria’, aos quais foi atribuído tempo administrativo devido ao acidente de Ricardo Silva, para depois verem partir o motor do seu Citroen C3 Rally2, passados poucos metros da partida da super-especial Além Mar, o que os impediu de participar neste rali.


No que concerne à pontuação extra atribuída pela classificação dos mais rápidos, pela sua prestação na powerstage, disputada na PE10 Santa Bárbara/Monteiro 2, receberem pontos extra e por esta ordem, Luís Miguel Rego, Rúben Rodrigues e Bruno Amaral.


Quarto classificado absoluto neste Rallye Além Mar Santa Maria foi a dupla madeirense Filipe Pires/Vasco Mendonça (Mitsubishi Lancer Evo X) que é a atual detentora do título açoriano de ralis do grupo RC2N e que repetiu o resultado alcançado na anterior prova do campeonato: a vitória no grupo e ainda no troféu das provas disputadas em pisos de asfalto. No grupo RC2N e na classificação geral, seguiram-se-lhes Rui Borges e João Melo, em Mitsubishi Lancer Evo IX, com o piloto micaelense, apesar de não inscrito no campeonato, a mostrar maior eficácia e eficiência nos troços marienses, muito fruto da sua participação em provas disputadas em solo continental. João Sousa fez-se acompanhar do experimentado Valter Cardoso (foi navegador de Bernardo Sousa em provas do campeonato açoriano da modalidade) e ao volante de um Mitsubishi Lancer Evo VI concluiu a prova no sexto posto da classificação geral, fechando também o pódio da RC2N.



Max SALVADOR/João VALENTE (Citroen C2 R2), Fotografia de Pedro Carreiro e Silva

Já a luta pelas duas rodas motrizes, foi conquistada pelo piloto local Max Salvador, que com João Valente ao seu lado, conseguiu levar o endiabrado Citroen C2 R2 ao lugar mais alto do pódio dessa competição na prova, embora não pontuem para o campeonato açoriano por não estarem inscritos no mesmo. Concluíram a prova como sétimos classificados absolutos finais e somaram ainda o prémio de melhor equipa local. Já a somar pontuação máxima para o campeonato, Bruno Tavares e André Seabra, conseguiram desta feita o resultado pretendido, sendo a par com Salvador/Valente, os grandes animadores da luta pelas 2RM.


Luís Pimentel e Nuno Moura, em Porsche 911 GT3 Cup (997), foram quem se seguiu na classificação geral e na das duas rodas motrizes, averbando a segunda melhor pontuação para o campeonato. Eduardo Veiga e Luís Neves, fecham o pódio em prova das duas rodas motrizes, levando o magnífico Ford Escort RS MKII ao décimo posto absoluto final.


Concluíram esta prova 25 das inicialmente 43 equipas que alinharam à partida. Destaque ainda, em termos de resultados e para os pilotos inscritos no Campeonato dos Açores de Ralis, edição de 2022, das prestações de João Faria e Carlos Melo (Peugeot 206 RC) que somam a terceira melhor pontuação nas 2RM regionais; de Francisco Costa e Luís Faria (Peugeot 206 RC) que se seguiram a Faria/Melo em ambas as classificações; de Mário Jorge que, desta vez, não teve a sua filha Camila a seu lado, e com João Monteiro, levou o Hyundai Getz 1.5D ao 17.º posto final; de Carla Costa e Elizabete Jesus que terminam com o Renault Clio rosa-choque o Rali de Santa Maria no vigésimo posto final e ainda vencem a competição reservada às senhoras; e de Emanuel Garcia/Nelson Dinis em Peugeot 208 VTI que concluíram este rali num anormal vigésimo quarto posto final motivado pelo tempo perdido na super-especial Além Mar, disputada no primeiro dia.


A próxima prova do calendário de 2022 do Campeonato dos Açores de Ralis é o XI Picowines Rally, que se disputa na ilha do Pico entre 23 e 24 de setembro e é organizado pelo Pico Automóvel Clube.


Os resultados detalhados do XLI Rallye Além Mar Santa Maria podem ser consultados em https://asas.cronobandeira.com

167 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo